“A MARÉ NÃO TÁ PRA PEIXE…”

Sério que essa é sua desculpa do momento?

A gente já sabe que a crise tá complicada, que não tem mais a quantidade de oferta de emprego como existia antes, que os empregos que estão sendo oferecidos agora estão com salários bem aquém do esperado…

OK… O que é possível fazer com essa informação?

Na realidade, temos duas opções: aceitar a situação ou “levantar, sacudir a poeira e dar a volta por cima”.

Normalmente, quando você pergunta para alguém o que quer fazer, a pessoa responde que não aguenta mais e que quer sair da situação.
Quando isso acontece, eu coloco à prova: “ok, então você terá que ler um livro por semana, fazer um curso online gratuito e aprender algo em inglês por semana”.
Resposta? “Tá louca?!?!?! Tenho que correr atrás de emprego!!!”

E então eu fico aqui pensando: será que a maré realmente não está pra peixe ou a gente tá querendo um tipo específico de peixe que hoje tá “ameaçado de extinção”?

O desemprego pode ser encarado como uma oportunidade. Se você souber aproveitar as 8 horas por dia que você estaria trabalhando, dividindo entre 4 horas por busca de emprego e 4 horas estudando, você não perceberia que o mercado está tão ruim assim. Na realidade, focaria na oportunidade de aprender e se aprimorar que você não teria tão facilmente se estivesse trabalhando.

Então eu te pergunto: a maré realmente não está pra peixe? Você está disposto a mudar de marés? Você está buscando outros tipos de iscas? Você está tendo a dedicação necessária?

Enfim…

Muda o foco que o resultado vem! Acredite… é possível!

ATOLADO ATÉ O PESCOÇO COM ESSA CRISE! SOCORROOOOOOO!!!!!

Sem sombra de dúvidas, a minha geração está vivendo a pior crise que já existiu em nossa história.

É crise econômica, social, moral, política, ética, de valores… Parece que o mundo perdeu o rumo!

E na sociedade capitalista em que vivemos, dinheiro é um dos focos que todo o ser humano tem. Natural que isso aconteça.

Então, como sobreviver a uma situação onde você não controla? O que fazer para conseguir viver num mundo onde tudo gira em torno do dinheiro, mas você não o tem (e nem de onde tirar!)? Como enfrentar essa crise medonha sem se desesperar? Como passar por tudo isso sem se entristecer e sem achar que as coisas “não tem jeito”?

Mágica? Não… muito mais simples que isso…

FOCO!!!!

A figura dessa postagem é muito conhecida. Muita gente ri dela… muita gente se identifica. Mas poucos param para analisar que o sapo estava com um foco: não ser engolido!
E indo contra a natureza, conseguiu manter o seu objetivo.
Existia tudo contra:
– ele estava em seu habitat natural, onde deveria se sentir mais protegido
– ele foi atacado por algo muito maior
– ele já estava dentro do bico da ave
– não havia ninguém para ajudá-lo

Pra que então lutar?
Por um único motivo: porque ele queria viver!!!! Ele tinha um objetivo maior, ele sabia o que queria e teve força e coragem para manter o FOCO, mesmo diante de tudo contra.

A crise está pra você, pra mim e pra todo mundo. Mas sabe uma coisa? Ela vai passar!!!!
E quando ela passar, onde você estará:
(  ) começando do zero: correndo atrás de emprego, de cursos, de aprendizado, de inglês, de  preparação para lutar pelo seu espaço?
(  ) colhendo os frutos do que plantou na crise: preparação, aprendizagem, crescimento pessoal e amadurecimento?

Quando estamos com uma visão míope, o nosso foco é o aqui e agora, que gera desespero, desesperança e desânimo.
Quando estamos com um foco e encaramos essa crise como um dos passos para fortalecimento, aprendemos que podemos ser muito mais do que imaginamos!

Acredite!
Quando mudamos o foco, conseguimos passar pelas adversidades com mais sabedoria, tranquilidade e força.
Tenha FOCO!!!!

Bóra conquistar?

#MelhorandoAgoraESempre
#EuAcreditoQueÉPossível

MEU MOMENTO PROFISSIONAL: PRECISO DE UMA LUZ!!!!!

Vamos falar algumas novidades, já que o mundo ainda não tinha avisado a gente disso:

  • Estamos em crise no país (em todos os níveis: econômico, social, político, moral, ético…)
  • “A maré não tá pra peixe” (pois é… tá super difícil arrumar um emprego!)
  • “Melhor um pássaro na mão do que dois voando” (se tem emprego, meu filho, aceite até ficar apontando lápis! Mas faça de tudo pra não sair dele)
  • Esquece esse negócio de aumento e promoção! Não dá! Não vai rolar…
  • Se tá desempregado, manda um milhão de currículos que uma hora vai!
  • Não vale a pena investir em você mesmo…
  • A gente só trabalha porque tem conta pra pagar! Deus me livre!!!!
  • Nem ouse montar seu próprio negócio nesse país! Você vai falir antes de começar!

Isso é o que mais temos ouvido falar nos últimos dias, não é mesmo? E parece que o pessimismo tá cada vez mais forte porque a gente não vê saída!!!!

E é aí que eu quero te mostrar uma coisa nova: A LUZ!!!!  Quer dizer, quase isso… kkkkk

Na realidade, quero te falar de FOCO! Quando a gente ilumina algo, dando foco ao que antes não tinha importância, a gente não enxerga mais nada.

E é isso que está acontecendo na vida profissional de várias pessoas: dando foco na parte menos importante…

O fato é, quando a gente dá ênfase a algo que não deveria ser nossa prioridade, a gente gasta energia com algo que a gente não queria e acaba sendo infeliz! O pensamento negativo, junto com a atenção que a gente dá para coisas ruins e pensando só no que pode dar errado nos puxam para baixo, deixando-nos com uma visão míope e desesperadora. Pensamentos negativos se transformam em emoções intensas de desânimo, tristeza e desesperança.

No entanto, o ser humano é capaz de mudar o foco. Ele é capaz de pensar, analisar, traçar planos, estratégias, formas de se encarar o que hoje é tido como limitante e ir além! Ele consegue se superar! Consegue ser criativo! Consegue ter garra, determinação, força de vontade, saídas alternativas e possibilidades inovadoras!

Nas próximas semanas conversaremos mais detalhadamente sobre cada um dos temas e como poderemos ser cada vez mais focados no que nos empurra para frente, porque o tempo tá passando… e a gente tem que evoluir!!!

Bóra alcançar nossos objetivos?

#EuAcreditoQueÉPossível
#MelhorandoAgoraESempre